Estratégias para planejar campanhas em mídias sociais.

Planejar campanhas em mídias sociais requer uma série de estratégias que alguns social media desenvolveram e adotaram no decorrer do tempo. Você sabe quais são elas? Vejas algumas no nosso post logo abaixo:

campanhas em mídias sociais - PRIMEX

 

Mídias Sociais: Como Planejar Campanhas

Observe a concorrência e as movimentações do mercado.
Antes de adotar uma estratégia para sua empresa dê uma pesquisada sobre as campanhas que já estão no seu segmento, elas são ótimas para apontar algumas tendências e podem servir como base para planejamentos futuros.

Verifique a reputação da sua marca.
Realize um monitoramento prévio e observe o que as pessoas estão falando da sua marca/empresa. Eles irão ajudar você a resolver algum problema de comunicação através da campanha, ou até mesmo reforçar um posicionamento.

Descubra o que desperta o interesse do seu público e estude suas reações.
Estude o comportamento do seu público alvo, os níveis de participação e os tipos de interação que o seu target está pré-disposto a realizar. Pesquisar sobre hábitos de consumo também é uma forma de conhecê-los melhor.

Seja simples.
Nada de planos mirabolantes! Mecanismos muito complexos não despertam o interesse do seu público. Seja o mais simples possível. Foque no usuário, na usabilidade (facilidade de adesão a campanha) e na relevância do seu conteúdo.

Seja criativo! Não se limite a fazer o que os outros fazem.
O que os outros fazem pode até estar dando certo, e isso realmente é muito tentador, porém, você nunca se destacará fazendo o mesmo que os outros. A melhor forma de atrair a atenção do seu público alvo é realizando algo inovador, o que não significa necessariamente que você precisa fazer algo totalmente oposto, apenas de um modo diferente e criativo!

Estude a legislação e os termos de uso.
As mídias sociais são meios muito versáteis e que nos permitem inúmeras possibilidades, entretanto, assim como outros tantos meios ela tem suas regrinhas de “boa conduta” que devem ser estudadas antes de colocar uma campanha em ação. Ao infringir estas normas você pode estar afetando o decorrer da campanha.

Estruture a divulgação da sua campanha.
Mesmo em campanhas planejadas exclusivamente para mídias sociais, é necessário investir em divulgação em outros meios também, trabalhando de forma integrada os conteúdos para potencializar o seu alcance. Portanto, crie um “mapa” traçando os meios de divulgação, definindo os períodos, e etc.

Estabeleça um cronograma de execução.
Por fim, depois que estiver toda estruturada sua campanha, estabeleça um cronograma de execução liberando a campanha em “etapas” para a mensuração de resultados. Defina o período de realização da ação, os prazos para execução e os responsáveis por cada etapa, deixando tudo bem organizado para o acompanhamento do andamento dela.

Porque não entregar somente o conteúdo que sua audiência quer.

Em tempos de Google Analytics e um marketing cada vez mais segmentado e direcionado, você já se perguntou se é realmente isso que sua audiência quer?

audiência

O próprio Steve Jobs já dizia: “As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a elas.” Isso significa que, se você dá a sua audiência só o que ela quer você nunca irá gerar um desejo/necessidade por algo novo que sua empresa possa vir a trazer.

Resumidamente, se o conteúdo que seu público deseja não tem relação com o produto/serviço que sua empresa oferece o alcance deste conteúdo não resultará em um impacto efetivo, convertendo o alcance em vendas.
A seguir, veja alguns motivos para não entregar somente o que sua audiência quer:

Porque não entregar só o que a audiência quer?

O conteúdo que sua audiência quer só é relevante se sua audiência for relevante.

Se sua empresa construiu uma audiência focando apenas no aumento do número likes, é possível que esta audiência tenha um público muito variado, sem um target bem definido e com o perfil alinhado a sua empresa. Nestes casos, este público dificilmente se tornará consumidor e influenciador da marca. Criar e publicar conteúdo para uma audiência sem target não faz sentido para quem é consumidor.

Segmentos/produtos novos requerem conteúdos novos para targets novos.

É como foi dito anteriormente lá em cima, se sua empresa deseja inovar, lançando-se em categorias novas ou produtos novos, é necessário criar algo que vá além do que sua audiência quer para atrair um novo target que corresponda ao perfil deste novo segmento/produto. Ao apresentar um produto ou serviço novo, você precisa mostrar a sua audiência o porquê ela vai precisar deste produto ou serviço e gerar necessidade.

Sua audiência pode não saber o que quer, e sua empresa talvez precise mostra-la.

Retomando novamente a introdução deste texto, o próprio Steve Jobs já sabia que: “As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a ela”, foi assim com o lançamento do Iphone e a tecnologia touchscreen. Antes de ser criada, as pessoas sequer desejavam isso. Entretanto, uma vez que foi inventado, as pessoas passaram a necessitar dela. Resumidamente: É hora de parar de oferecer o que seu concorrente oferece e inovar para destacar-se em seu segmento.
Este conteúdo foi inspirado na tradução do artigo retirado originalmente em: Social Media Today.

Playlist Bem Brasileira – A Cultura Brasileira através da música.

Domingo, 7 de Setembro, um ótimo dia pra valorizarmos a nossa cultura, não é?

É por isso que nós, aqui da Prime, optamos por comemorar o dia da Independência de um jeito um pouquinho diferente, ressaltando o nosso valor cultural através de clássicos da MPB – Música Popular Brasileira, este gênero tão abrangente que representa toda a nossa diversidade cultural através de ritmos canções.

A seguir, separamos 4 sugestões (uma de cada um de nós) com músicas que certamente irão te fazer sentir orgulho da nossa música nacional. Dê play, ouça, e delicie-se com esta playlist bem brasileira de 7 de setembro:

playlist

Playlist Bem Brasileira

Sugestão do Felipe Loss – Designer

Seu olhar – Seu Jorge

Seu Jorge hoje é uma das grandes referências da MPB, ele começou no Teatro e no começo de sua carreira fez sucesso com filmes no exterior, e só então mais tarde veio a ser reconhecido aqui no Brasil. Ele é um dos grandes nomes do samba atual e contribui muito para a cultura brasileira com sua voz inconfundível.


Sugestão de Patrícia Prado – Redatora

Garota de Ipanema – Tom Jobim

Conhecida mundialmente, Garota de Ipanema é uma daquelas canções que faz qualquer “gringo” querer sambar e traz as melhores referências da bossa nova e das raízes do samba, composta por Tom Jobim e Vinicius de Moraes, dois grandes poetas e compositores da década exaltando as nossas belezas naturais e da mulher brasileira.


Sugestão do Maico Dal Ponte – Programador

Tião Carreiro e Pardinho – Rei do Gado
Embora haja muito preconceito, a música de raiz é uma das que mais representam a nossa nacionalidade e as características específicas de nossas regiões. Elas também representam parte da nossa história e são muito valorizadas por diversas gerações. Se ouvindo isso você não se lembrar do churrasco de seu avô, não tem a noção do quanto esse estilo de música é importante.


Sugestão do Luan Lamarca – Editor

Elis Regina – Pais e Filhos
Como nossos pais é uma das canções eternizadas na voz da nossa queridíssima Elis Regina, uma das maiores vozes do nosso País, que se levantou durante a ditadura e sofreu sérias represálias. Esta canção é uma daquelas que mesmo com o passar do tempo continua se encaixando com a realidade e sendo regravada diversas vezes.