Criação de Buyer/Persona: Como estreitar o público alvo.

Como diria Al Ries e Jack Trout no livro: Posicionamento – A batalha por sua mente, “quem quer ser tudo para todos acaba não sendo nada”, ou seja, se você quer fazer sucesso, sua empresa deve ter um posicionamento claro no mercado para conquistar um espaço na mente do consumidor. Entretanto, para adotar um posicionamento, é necessário primeiramente conhecer a fundo o seu público alvo. Você conhece verdadeiramente o comportamento do seu consumidor?

Veja a seguir algumas dicas pra você estreitar o seu público alvo e delinear seu buyer/persona sem erro:

público alvo buyer persona

Criação de Buyer/Persona: Como estreitar o público alvo.

Pesquise muito!                                                                       

Pesquise muito, pesquise bastante, e quando achar que sabe o bastante, pesquise mais. Só há um jeito de conhecer bem o seu público alvo, pesquisando. E isso vai além dos tradicionais “questionários” superficiais, é preciso descobrir as preferências e os hábitos de seu buyer/persona.

Refine os perfis de buyer/persona.

Após pesquisar muito, vários perfis distintos de público alvo podem ser traçados, tornando a estratégia de marketing de sua empresa muito mais difícil. Sendo assim, após fazer a coleta de dados, selecione uns dois ou três perfis de público alvo principais e priorize-os.

Qualifique os perfis de buyer/persona.

Em toda e qualquer estratégia de marketing, há dois tipos de públicos a serem trabalhados: os possíveis clientes x clientes em potencial. Nestes casos, os possíveis clientes podem não necessariamente tornar-se clientes em potencial, mas já os clientes em potencial muito provavelmente estarão qualificados para finalizar uma compra. Sendo assim, na hora de traçar sua estratégia de comunicação, priorize o grupo de clientes em potencial para uma abordagem mais direta e efetiva.

Agrupe preferências

Os perfis de público alvo não precisam ser agrupados necessariamente por faixa etária, eles podem ser divididos de acordo com seus gostos e preferências para serem abordados de acordo com dados mais específicos do gênero do que propriamente a idade.

Cumprindo estas etapas, sua empresa poderá direcionar de forma muito mais assertiva todas as etapas do marketing de conteúdo, que incluem produção, publicação, planejamento e muito mais.

Call to Action: Dicas para otimizar sua chamada de ação.

Também conhecidos como “gatilhos” ou “chamadas”, os call to action, botões de ação, são especialmente desenvolvidos para convidar o usuário a tomar uma decisão. Seja para baixar um e-book, deixar seu contato ou adquirir um produto, o call to action é um botão de ação, e para que o mesmo cumpra a função a qual foi destinado, nós, da Agência Prime, separamos algumas dicas para você otimizar esse botão:

call to action

Call to Action: Como otimizar

Alterne as chamadas entre botões, links ou imagens.

Uma “chamada” para ação não precisa ser necessariamente um botão escrito: ENTRE EM CONTATO. Aqui mesmo neste post, por exemplo, nós direcionamos você, leitor, a nossa página principal através de um link.

O mesmo pode acontecer com imagens e afins. Seja criativo e surpreenda o seu leitor!

Seja específico!

Evite utilizar termos vagos que confundam o usuário no processo de decisão. Botões como: Baixe o seu e-book! Receba a nossa news e etc são muito mais objetivos sem deixar de emitir a mensagem principal, conduzindo a ação através do verbo.

Crie urgência e gere impacto.

Não é novidade para nenhum de nós que somos bem mais decisivos quando estamos sob pressão. No caso dos call to action, essa “pressão” pode ser exercida através de urgências que são criadas e impactos que são gerados.

Por exemplo: Adquira o seu produto agora e ganhe 20% de desconto. Faça seu cadastro e ganhe um mês de conteúdo grátis!

Este tipo de “ação” é o gatilho que motiva a decisão por emoções, feita de maneira ágil e intuitiva.

Realize um jogo de troca.

Se você quer o contato de fulano, você precisa oferecer algo em troca para que ele lhe ofereça os dados. Este tipo de prática é muito comum em diversos sites e você já deve ter se pego assinando algum formulário para receber algum material.

Exemplo: Baixe o seu e-book e aprenda a perder 5kg em uma semana, etc…

Direcione o usuário a ação.

Setas, assim como as utilizadas em placas de sinalização, podem ser muito úteis dentro de sua landing page ou página de conversão. Entretanto, tenha cuidado para que estas setas não compitam com as chamadas de ação.

Para saber como posiciona-las e como defini-las, um estudo sobre usabilidade e teorias das cores pode ser útil.

Por fim, para páginas de conversão ou call to action, você pode contar com o auxílio de uma agência especializada no que faz. Entre em contato com a Prime e descubra as soluções que nós temos para sua empresa!

Dia do Cinema Brasileiro: Filmes pra você assistir.

No Dia do Cinema Brasileiro, nós, da Agência Prime, resolvemos presentear vocês leitores com algumas sugestões de filme brasileiro pra você assistir. Veja a seguir a sugestão de cada um de nós:

dia do cinema brasileiro

Dia do Cinema Brasileiro: Sugestões

Sugestão de Maico Dal Ponte – Programador

2 Coelhos

2 Coelhos é um filme brasileiro de ação lançado em 2012, escrito e dirigido por Afonso Poyart. Ele recebeu 3 Grandes Prêmios do Cinema Brasileiro, incluindo indicações a melhor diretor e melhor roteiro original e melhor atriz. Além do prêmio de melhor montagem pela ABC – Associação Brasileira de Cinematografia.

Sinopse:

Após se envolver em um grave acidente automobilístico, no qual uma mulher e seu filho são mortos, Edgar (Fernando Alves Pinto) é indiciado, mas consegue escapar da prisão graças à influência de um deputado estadual. Logo em seguida ele parte para uma temporada em Miami, onde retorna com um elaborado plano em que pretende atingir tanto o deputado que o ajudou, símbolo da corrupção política, quanto Maicon (Marat Descartes), um criminoso que consegue escapar da justiça graças ao suborno de políticos influentes.

Comentário de Maico Dal Ponte:

2 coelhos não é um filme excepcional, mas me surpreendeu pela qualidade e reviravolta da trama, apesar de comum fora do país, no cinema brasileiro eu não havia presenciado até o momento.

Trailer:

https://youtu.be/vB0CG6LvuiU

Sugestão de Janderson Bezerra – Estagiário

Cidade de Deus

Cidade de Deus é um filme de drama brasileiro dirigido por Fernando Meirelles e codirigido por Kátia Lund, lançado em 2002. Sua obra foi adaptada por Bráulio Mantovani a partir do livro de mesmo nome escrito por Paulo Lins.

Cidade de Deus recebeu quatro indicações ao Oscar, nas categorias de melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor fotografia.

Sinopse: 

Buscapé (Alexandre Rodrigues) é um jovem pobre, negro e muito sensível, que cresce em um universo de muita violência. Buscapé vive na Cidade de Deus, favela carioca conhecida por ser um dos locais mais violentos da cidade. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba sendo salvo de seu destino por causa de seu talento como fotógrafo, o qual permite que siga carreira na profissão. É através de seu olhar atrás da câmera que Buscapé analisa o dia-a-dia da favela onde vive, onde a violência aparenta ser infinita.

Comentário:

O filme retrata o crescimento do crime organizado na Cidade de Deus entre o final da década de 1960 e o início da década de 1980.

Trailer:

https://youtu.be/nVliCPEaWq0

Sugestão de Felipe Loss – Designer

O Homem que Copiava

O homem que copiava é um filme brasileiro do gênero drama, lançado em 2003, dirigido pelo cineasta gaúcho Jorge Furtado.

Sinopse:

André (Lázaro Ramos) é um jovem de 20 anos que trabalha na fotocopiadora da papelaria Gomide, localizada em Porto Alegre. André mora com a mãe e tem uma vida comum, basicamente vivendo de casa para o trabalho e realizando sempre as mesmas atividades. Num dia André se apaixona por Sílvia (Leandra Leal), uma vizinha, a qual passa a observar com os binóculos em seu quarto. Decidido a conhecê-la melhor, André descobre que ela trabalha em uma loja de roupas e, para conseguir uma aproximação, tenta de todas as formas conseguir 38 reais para comprar um suposto presente para sua mãe.

Trailer:

https://youtu.be/-HILhhhGb9w

Sugestão de Camila Rohde – Criação/Design

Minha mãe é uma Peça

Minha mãe é uma peça é um longa-metragem de comédia brasileiro dirigido por André Pellenz, escrito e protagonizado por Paulo Gustavo em parceria com Fil Braz. É baseado na peça de mesmo nome criada e estrelada pelo próprio Paulo Gustavo e que levou milhões de espectadores ao teatro ao longo dos anos em cartaz.

Sinopse:

Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade, divorciada do marido (Herson Capri), que a trocou por uma mais jovem (Ingrid Guimarães). Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano (Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo), sem se dar conta que eles já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles consideram ela uma chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia (Sueli Franco) para desabafar com ela suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

Trailer:

https://youtu.be/HrST-4WLlbA

Sugestão de Patrícia Prado – Redatora/Publicitária

Até que a Sorte nos Separe

Até que a sorte nos separe é um filme brasileiro do gênero comédia romântica, dirigido por Roberto Santucci e inspirado no best seller Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, de Gustavo Cerbasi.

Sinopse:

Tino (Leandro Hassum) é um pai de família comum que vê sua vida virar de ponta a cabeça após ganhar na loteria. Levando uma vida de ostentação ao lado da mulher, Jane (Danielle Winits), ele gasta todo o dinheiro em 15 anos. Ao se ver quebrado, Tino aceita a ajuda do vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), um consultor de finanças super burocrático e que por sinal vive seu próprio drama ao enfrentar uma crise no casamento com Laura (Rita Elmôr). Tentando evitar que Jane descubra a nova situação financeira, afinal ela está grávida do terceiro filho não pode passar por fortes emoções, Tino se envolve em várias confusões para fingir que tudo continua bem. Para isso, conta com ajuda do melhor amigo, Adelson (Aílton Graça), e dos filhos.

Trailer:

https://youtu.be/UZiOpdzutaU

 

Blacklist: Como evitar que seu e-mail vá parar na caixa de spam.

Ao trabalhar com Email Marketing, uma empresa deve estar ciente dos riscos desta mensagem não chegar até o destinatário, indo parar na famosa “blacklist”, lista de e-mails usados por alguns provedores para evitar que os e-mails de remetentes duvidosos cheguem até a caixa de entrada, espalhando vírus e etc…

Você sabe o que fazer pra evitar que seu email vá parar nesta lista?

e-mail

Veja como evitar que seu e-mail vá parar na caixa de spam:

  1. Evite assinaturas duplicadas

Ao cadastrar clientes em sua base de dados alguns contatos podem ser duplicados, fazendo com que suas caixas de e-mail recebam dois e-mails a cada envio, para evitar que isso aconteça procure autorizar somente uma assinatura por e-mail no seu banco de dados.

  1. Evite anexar documentos/imagens

Em geral, e-mails com anexos são os que mais espalham vírus e por este motivo os provedores citados acima podem bloqueá-lo. Neste caso, recomendamos que as informações sejam inclusas no corpo do texto do e-mail, disponibilizando links para as possíveis imagens, se necessário.

  1. Inclua links para cancelar a assinatura

Quando e-mails se tornam inconvenientes, todos os esforços para manter a comunicação são inválidos. Dê ao seu consumidor a oportunidade de cancelar o envio quando quiser, demonstre respeito pela liberdade de escolha dele e deixe as opções de cancelamento fáceis.

  1. Crie um e-mail com o nome da empresa

Facilite a identificação por parte do consumidor, caso ele não saiba quem está enviando o e-mail é bem provável que o exclua sem sequer abri-lo ou lê-lo. O nome da empresa também é interessante para ser adicionado aos contatos, evitando ser reconhecido como desconhecido pelo provedor.

  1. Incentive o remetente a adiciona-lo como contato

No final de cada e-mail, junto com a opção de cancelar a assinatura solicite que o remetente lhe adicione como contato para assegurar que as próximas newsletters possam ser entregues sem serem desviadas a caixa de spam pelo provedor.

  1. Evite termos de baixa reputação

Palavras como: Promoção, grátis, imperdível, fique rico rapidamente, oportunidade, sorteio e afins são classificadas como spam e fazem com que normalmente o provedor envie o seu e-mail direto para a caixa de spam. Evite usa-los para não ser confundido com vírus.

  1. Não venda suas informações do cadastro

Quando um cliente/consumidor se cadastra em um site, informações pessoais são repassadas e o mínimo que ele espera é que sua empresa tenha um compromisso ético em preservar estas informações. Portanto, não venda-as!

  1. Inclua uma versão de texto

Se você está mandando um e-mail html, inclua uma versão em texto. O oposto também é válido, cada pessoa tem suas preferências na hora de ler e-mails e com essa opção você pode facilitar a leitura de quem está recebendo o seu material.

E por fim, uma dica de ouro! Se você está em dúvidas se o seu e-mail se encontra em alguma blacklist, consulte seu IP, domínio ou nome de contato no site Mxtoolbox.

Newsletter: Como tornar atrativo um boletim informativo.

Embora seja muitas vezes pré-julgada e mal compreendida, a newsletter, frequentemente confundida com o spam, é um boletim informativo que visa atrair o público alvo ao seu blog, fidelizando o através de um conteúdo informativo, e acima de tudo, relevante. Mas como tornar atrativo uma newsletter que só contem informações?

Veja a seguir algumas dicas para tornar o seu boletim informativo tão atraente quanto o conteúdo do blog (se não mais).

newsletter

Newsletter: Dicas para torna-la atraente.

Invista no Design! Um layout bem distribuído, com textos curtos e breves pausas é capaz não só de tornar a navegação atrativa, mas também contribuir para que o target passe mais tempo lendo sua newsletter. Como faze-la? Divida o conteúdo em editoriais, usando uma imagem para cada “sessão” do blog: Exemplo: moda, dicas, look do dia.

Intercale o conteúdo. Torne a leitura fluída, agradável, molde a estrutura do texto intercalando entre títulos instigantes, imagens e pequenos textos distribuídos em sessões. Trabalhe com hiperlinks e vá além do demonstrado enriquecendo a experiência com o navegador.

Torne o título irresistível! Instigue, brinque, use uma combinação de palavras chaves capaz de atrair o mais cético dos leitores. Quatro ou cinco palavras são suficientes, saiba como transforma-la em um “gancho” para algo mais e não desperdice o primeiro contato visual.

Faça da poesia uma canção. A arte de escrever bem vai além do que é correto e da concordância verbal. Um bom texto é capaz de te atrair mesmo com incontáveis números de linhas. Tem que ter sonoridade, tem que ter ritmo, tem que ter o “borogodó”. Uma dica é você pontuar os textos em breves tópicos, pausando os textos sem se prolongar.

Seja pontual. A regularidade/periodicidade com que você mantem o seu leitor informado é o que determina a frequência de visitas. Com que frequência você envia suas newsletter? Que frequência é ideal de acordo com o seu público alvo/modelo de negócio? Defina um calendário e siga-o regularmente para fidelizar.

Você sabe como criar/enviar sua newsletter? Conte com a gente para te ajudar! Entre em contato com a Agência Prime.

Dicas para aumentar o tráfego e o número de acessos em seus posts.

Matematicamente falando, a lógica é simples: Quanto maior for o tráfego de posts publicados em seu blog, maior será o número de acessos, e consequentemente, leads qualificados ao final do funil.

Teoricamente, o conceito é bem simples. Entretanto, se a chave para um conteúdo de sucesso fosse determinado apenas pela frequência, poderíamos assegurar que muitas páginas teriam um alcance bem maior.

Sendo assim, qual o segredo para aumentar o tráfego e o número de posts em seu blog? Veja a seguir que medidas tomar:

posts

 

Como aumentar o número de acessos em seus posts.

Participe de Grupos de Discussão

Fóruns abertos e redes sociais profissionais, como o Linkedin, são meios de acesso a nichos de mercado onde o público alvo é bem delimitado e mais ajustado aos interesses do seu blog. Através deles, você pode não somente promover o seu site, como também interagir com o público e tirar ótimos insights de conteúdos a serem trabalhados por seu blog.

Enriqueça seu conteúdo com Hiperlinks

Hiperlinks externos aumentam o tempo de permanência do público em sua página, além de reforçar a navegabilidade do mesmo oferecendo-lhes conteúdos mais completos e relacionados ao assunto com a facilidade de apenas um clique. Você pode trabalhar com os próprios conteúdos antigos, linkando algumas palavras chaves, ou sugerir posts relacionados no final de cada postagem, utilizando uma técnica similar a da palavra puxa palavra, com conteúdo puxa conteúdo.

Mantenha a frequência

Quanto maior for o volume de conteúdo produzido, melhor será sua estratégia de alcance… Você pode publicar conteúdos diariamente, 3x por semana, ou 1x por semana, de acordo com a disponibilidade de tempo e a validade do conteúdo publicado. Qual a relevância do que você produz? Tenha sempre em mente que a qualidade é que vale mais!

Desenvolva newsletters interessantes

Como todo funil de vendas, o objetivo principal do marketing de conteúdo é captar contatos e qualificar leads. Para que isso ocorra, é preciso desenvolver newsletters interessantes, que estimulem o leitor a “deixar” seu contato e mantenham o target aberto ao diálogo. Portanto, invista em newsletters informativas e só em um segundo momento evolua para o email marketing, sempre avaliando o nível de interesse do consumidor (e sua disponibilidade). Não caia na tentação de ser inconveniente.

Facilite o compartilhamento e a interação

Incentive o engajamento através de caixas de comentários simplificadas e plug-ins de redes sociais que facilitem o compartilhamento de conteúdo para o maior número de pessoas, quanto mais o conteúdo aparecer na timeline dos outros, mais pessoas conhecerão o seu blog, e consequentemente, se tornarão possíveis leitores assíduos.

Por fim, cite autoridades e especialistas como referência para o conteúdo de seus posts, agregando valor ao que é produzido e aumentando a credibilidade de suas postagens, aumentando as chances de replicarem o seu conteúdo. Um bom número de clientes bem alimentados são a chave para o sucesso de uma estratégia de conteúdo, resultando no objetivo principal: o fechamento de negócios.

Como definir a frequência ideal de publicações no blog.

Qual é a chave para desenvolver um conteúdo relevante, que tenha alcance e ao mesmo tempo engajamento?

Como definir a frequência ideal de publicações no blog?

Esta e outras perguntas são essenciais para quem trabalha com Marketing de Conteúdo, especialmente quando este está ligado a produção e desenvolvimento de conteúdos voltado a blogs institucionais.

Para saber mais sobre o que determina a periodicidade e o intervalo de tempo entre publicações a serem postadas no blog, veja as variáveis que o definem:

blog - primex

Frequência Ideal de Publicações no Blog: Como definir?

Constância

Segundo uma pesquisa realizada pela Hubspot, 82 % dos profissionais que atualizavam o blog diariamente conquistaram ao menos um cliente através dele, ao contrário dos 57% que atualizavam mensalmente.

Um blog com acessos precisa ter mais do que conteúdo interessante, não basta ter um conteúdo bom se você não atualiza com constância, caso contrário, porque o leitor se sentiria motivado a retornar?

Formato de Texto

Atualizar com constância é importante, entretanto, de nada adianta alimentar o seu blog frequentemente com notícias, textos e artigos irrelevantes, que não agregam valor a sua página. Conteúdos bons levam tempo, seu leitor não irá se importar de esperar por algo bom ou realmente relevante. Portanto, invista!

Regularidade

O processo de fidelização do leitor vai além do conteúdo, ao postar com muita frequência, você pode tornar a leitura do blog de quem o acompanha cansativa, por exemplo, se você posta 3x ao dia durante uma semana e 2x na semana, na semana seguinte, a sua audiência pode ficar “perdida” e com a impressão de nunca saber o que lhe espera quando abre o seu blog.

Qualidade

Esteja sempre em busca do melhor, se quiser destacar-se. Faça filtros, seja seletivo e tenha uma visão crítica sobre suas próprias produções. É necessário ser muito bom no que se faz para conquistar a preferência do público. Lembre-se: Às vezes, menos é mais. Menos posts com mais conteúdos. Conteúdos completos ao invés de segmentados… Qualidade é a chave deste modelo de Marketing de Conteúdo.

Está com dificuldades de atender essas necessidades?

A Agência Prime pode cuidar de tudo pra você! Entre em contato com a gente 😉

Como criar conteúdo sem ter visitantes.

Um dos grandes desafios pra quem começa a trabalhar com marketing de conteúdo, seja em mídias sociais, blog ou site é saber o tipo de informação que atrai visitantes.

Como fazer seu conteúdo ser visto? Como torna-lo atraente para o seu target?

A seguir, iremos falar sobre alguns pontos indispensáveis para criar um conteúdo interessante para o seu público alvo:

conteúdo - PRIMEX

Conteúdo: Como começar sem visitantes

Identifique seu Público – Alvo

Antes de elaborar o conteúdo faça uma descrição detalhada do seu público-alvo. Identifique-o! Sua faixa etária, seus hábitos, preferências e anseios. Faça um “mapeamento” de interesses do seu público-alvo e trabalhe sobre eles.

Encontre Soluções

Uma vez que o seu público-alvo é identificado, é hora de descobrir que problemas sua empresa deve solucionar, de acordo com os desejos apontados pela sua audiência.
Lembre-se: O possível cliente não está interessado em seu produto/serviço, mas em sua solução/benefícios. Demonstre-os através de uma base sólida de conteúdo.

Conheça o Mercado

O conteúdo já foi definido, mas só isso não basta. De nada adianta ter um conteúdo interessante se você não sabe como abordar o seu público alvo, para então estabelecer um diálogo/relacionamento. Como fazer isso? Aprenda com quem já faz! A concorrência pode ser um belíssimo exemplo do que fazer e do que não fazer, retire o melhor de cada um deles, acertos e falhas, e faça melhor!

Entenda o comportamento do seu usuário

Como o seu target responde as interações? Quais plataformas eles preferem utilizar? Que conteúdo se dissolve mais (e melhor) dentre os formatos disponíveis? Quais palavras chaves são as mais procuradas por ele? Todas estas perguntas fazem parte do comportamento do consumidor, você sabe quais são as respostas?

Para descobri-las pegue os principais termos do seu negócio (solução/problema), coloque-os no Google Trends e descubra os termos relacionados que podem ser explorados. Depois, basta só monitorar os termos para identificar os líderes dos termos e prioriza-los para construir a base do seu conteúdo a seguir.

Conheça os canais de distribuição

O conteúdo já está pronto, o público alvo já foi definido, os interesses já foram classificados. Hora de definir os canais de distribuição… Quais deles são os mais adequados? Para saber quais são as melhores plataformas você deve voltar ao Google Trend e observar em quais lugares mais aparecem os termos: blogs ou mídias sociais?

Determinados assuntos podem ser mais bem sucedidos em determinada plataforma, enquanto outro não. Neste caso, você pode segmentar os assuntos de acordo estes dados, deixando conteúdos mais densos para blogs, enquanto trabalha com os mais “fáceis” de assimilar em mídias sociais, por exemplo.

Entretanto, é importante sempre frisar que: independente da plataforma, do formato do conteúdo e afins, constância e relevância são as palavras chaves para um conteúdo e site (blog) otimizados em todos os sentidos. Só se conquista o público-alvo persistindo.

Tendências do Branding em 2015.

A época em que a comunicação entre marcas x consumidor era unilateral acabou. Hoje o consumidor não é mais aquele receptor que concorda e aceita todas as informações emitidas pela sua marca.

Para ser o melhor, não basta dizer que é o melhor, todos os pontos de contato entre a sua marca e o consumidor devem emitir a mesma mensagem. Você quer ser o melhor? Seja o melhor! E é disso que o Branding cuida… Da Gestão de sua Marca!

O Branding, ou Gestão de Marca, é responsável por TUDO que envolve a comunicação da empresa com o consumidor, visando à coerência entre todas as formas de comunicação da marca, construindo sua percepção de valor e diferenciando-se através de três importantes etapas: Detalhamento do Público Alvo, Posicionamento da Marca e Construção Multissensorial, explorando todos os sentidos que envolvem o consumidor.

O Branding não é Marketing, é importante ressaltar! O Marketing tem como objetivo a venda de produtos ou serviços através de pesquisas de mercado, adequação ao consumidor e etc.. São técnicas de comercialização com resultados em curto prazo. O Branding vai além, utilizando as técnicas do Marketing para resultados em longo prazo.

Pensando nisso, e nessa nova tendência, veja o que 2015 reserva para quem trabalha com Branding:

branding - PRIME

Tendências de Branding em 2015

Análise de Dados e Big Data

Mais do que nunca a tecnologia será a sua principal aliada para conhecer melhor o consumidor e definir as métricas de uma marca. Com o Big Data sua empresa poderá analisar praticamente todos os dados coletados na internet sobre o seu público-alvo. Identificando tendências, oportunidades, preferências e até mesmo emoções, promovendo experiências cada vez melhores de compra e relacionamento.

Exclusividade e Experiências Transformadoras

Assistentes digitais, telas sensíveis ao toque, tudo isso aponta como tendência a necessidade que o consumidor tem de trocar experiências reais com a marca. Diálogos reais, emoções reais, uma experiência palpável e única. Um exemplo disso é as “máquinas da felicidade” instaladas pela Coca-Cola em todo mundo. Cada qual com sua proposta. Dance para ganhar uma latinha, peça a ajuda de um amigo para alcançar a máquina. Em cada uma delas o consumidor vivencia uma experiência única, e marcante.

Tudo é Móvel! A interação é em tempo Real

A conversão do Digital para as plataformas Mobile fala muito mais sobre o comportamento do consumidor do que sobre a Internet. A expansão dos smartphones faz com que as pessoas interajam em todos os lugares. Seja por apps, texto, vídeo ou voz. Uma empresa que se preocupa com o seu Branding deve estar atenta a essa proposta, investindo cada vez mais no Digital e Mobile, aprimorando os pontos de contato com o consumidor em cada uma de suas plataformas de comunicação.

Marketing de Conteúdo

Tão importante quanto explorar todos os pontos de contato entre o consumidor e a marca é saber como atrai-los até você para uma interação mais próxima e humana. Só há um modo de sua empresa fazer isso: com conteúdo! Se o seu cliente precisa de uma solução, ofereça as ferramentas a ele, alimente-o com conteúdo e o atraia até sua empresa/marca.

Storytelling: Histórias Verdadeiras

Envolventes e encantadoras. Histórias reais nos emocionam desde que alguém inventou (sabe-se lá em que ano) o Baseado em Fatos Reais dos filmes. Desde então, até a história da “vó carochinha” se tornou mais interessante! Entretanto, não basta contar qualquer história. Para uma história promover a sua marca ela precisa gerar valor para o público, transmitindo os valores de sua empresa através de um diálogo aberto, transparente, e que transmita credibilidade. Você já pensou em captar depoimentos de clientes contando sobre suas experiências com a marca?

Por fim, a tendência do Branding aponta para uma relação com os consumidores mais próxima e colaborativa, tornando-os os principais propagadores e defensores da marca. Quer saber como realizar a Gestão de sua Marca?

Veja as soluções que a Prime tem pra você e comece a construir o seu Branding agora!

“A empresa que não consegue ou não se importa em gerar valor a sua marca, é uma empresa que apenas vende produtos, e possivelmente essa empresa não irá para frente.”

Marketing de Conteúdo, quais métodos podemos utilizar?

O Marketing de Conteúdo tem crescido cada vez mais, tornando-se uma das principais ferramentas para quem deseja atrair o público alvo e aumentar a taxa de conversão, indo de encontro aos prospects e qualificando os leads para a decisão de compra.

Entretanto, como fazer de um modelo/estratégia já esgotado uma fonte ainda rentável sem cair no “pieguismo” tradicional de mais do mesmo?

marketing de conteúdo - AGENCIA PRIME

 

Veja a seguir alguns métodos pra você utilizar o Marketing de Conteúdo:

Blog Post

É considerado um dos pilares do Marketing de Conteúdo. Sua proposta é simples e permite a elaboração de conteúdos facilmente dissemináveis, que posteriormente atraem visitantes.

Guest Post

Consiste na elaboração de posts para blogs e links externos. Seu método é efetivo, pois ao produzir conteúdo para outros portais, uma nova audiência pode ser alcançada, expandindo a presença de sua marca para outros âmbitos.

Infográfico

Com apelo mais visual, os infográficos são um ótimo método para apresentar o conteúdo de uma maneira menos densa e mais interativa. Os elementos presentes no infográfico podem “conversar” com o conteúdo, tornando-o ainda mais rico e de interpretação/leitura mais fácil.

Webinar

É um formato de palestra via streaming que tem a vantagem de poder ser feito em qualquer lugar sem demandar de muita tecnologia. É um excelente método para captar dados (como email, telefone) e pode ser utilizado como página de conversão.

E-book

Apresenta um conteúdo mais extenso e completo, geralmente disponibilizado em pdf para download em landings pages em troca de informações de contato. Seu formato é adequado para temas mais complexos que necessitam de explicações mais detalhadas.

Cases de Sucesso

É a maneira mais “palpável” de exemplificar os benefícios do seu produto/serviço. Com ele você pode trabalhar por meio de fatos e dados tangíveis, evidenciando as soluções oferecidas pela sua organização.