blogdaprime//
tudo sobre
marketing digital

Playlist dos sem namorados.

Canções de amor e de desilusões? #quemnunca (ouviu, curtiu, cantou, chorou)

Existem aquelas que fazem seu coração derreter, e aquelas que fazem com que você queira abraçar seu ursinho e devorar uma tonelada de chocolate.

Sejam corações partidos, ou corações apaixonados, o fato é que o amor inspira, e é sobre essa inspiração que nós aqui da Prime trouxemos três sugestões de músicas, pra você se afundar no pote de sorvete, assistindo titanic, devorando uma barra de chocolate e cantando “ And aaaaaiiiiiiiiii” de I Will Always Love You – Whitney Houston.

Sugestão do Maicão Dal Ponte – Programador

Victim Of Love – Vítima de Amor

A canção de Whitsnake, retrata um homem vítima de um amor bandido, que se envolveu com uma mulher com coração de gelo, e o resultado, foram estes refrões:
“Like a lamb to the slaughter, another sacrifice, for giving love to woman, with a heart stone cold as ice…” “Como um cordeiro para o matadouro, outro sacrifício, por ter dado amor para uma mulher, com um coração de pedra frio como gelo…”

“Now, one more heartache, don’t bother me, just one more lonely night, to drown in misery…” “Agora, mais um desgosto não me incomoda, só mais uma noite solitária para se afogar em miséria…” “I am a victim of love…” “Eu sou uma vítima do amor…”

Sugestão de Patricia Prado – Redatora

Você não me ensinou a te esquecer – Caetano Veloso

Quem assistiu o filme Lisbela e o Prisioneiro sabe o que é sentir um impulso terrível de chorar ao ouvir Caetano Veloso declamando esta linda poesia de amor… A música traz trechos de realmente cortarem o coração, como:

“Agora, que faço eu da vida sem você? Você não me ensinou a te esquecer, você só me ensinou a te querer, e te querendo eu vou tentando te encontrar… Vou me perdendo, buscando em outros braços seus abraços, perdido no vazio de outros passos, do abismo em que você se retirou e me atirou e me deixou aqui sozinho.”

 

Sugestão de Felipe Loss – Designer

Canto do Ossanha – Casuarina

Este clássico de Vinicius de Moraes, cantado por Elis Regina,e que nesta versão é apresentado pelo grupo Casuarina, que traz em sua canção versos que revelam a pobre sina de todos os homens (e mulheres) que caem nas garras dos encantos do amor… A música fala:

“Pergunte pr’o seu Orixá
O amor só é bom se doer…
Vai! Amar!
Vai! Sofrer!
Vai! Chorar!
Vai! Dizer!…”