Como criar conteúdo sem ter visitantes.

Um dos grandes desafios pra quem começa a trabalhar com marketing de conteúdo, seja em mídias sociais, blog ou site é saber o tipo de informação que atrai visitantes.

Como fazer seu conteúdo ser visto? Como torna-lo atraente para o seu target?

A seguir, iremos falar sobre alguns pontos indispensáveis para criar um conteúdo interessante para o seu público alvo:

conteúdo - PRIMEX

Conteúdo: Como começar sem visitantes

Identifique seu Público – Alvo

Antes de elaborar o conteúdo faça uma descrição detalhada do seu público-alvo. Identifique-o! Sua faixa etária, seus hábitos, preferências e anseios. Faça um “mapeamento” de interesses do seu público-alvo e trabalhe sobre eles.

Encontre Soluções

Uma vez que o seu público-alvo é identificado, é hora de descobrir que problemas sua empresa deve solucionar, de acordo com os desejos apontados pela sua audiência.
Lembre-se: O possível cliente não está interessado em seu produto/serviço, mas em sua solução/benefícios. Demonstre-os através de uma base sólida de conteúdo.

Conheça o Mercado

O conteúdo já foi definido, mas só isso não basta. De nada adianta ter um conteúdo interessante se você não sabe como abordar o seu público alvo, para então estabelecer um diálogo/relacionamento. Como fazer isso? Aprenda com quem já faz! A concorrência pode ser um belíssimo exemplo do que fazer e do que não fazer, retire o melhor de cada um deles, acertos e falhas, e faça melhor!

Entenda o comportamento do seu usuário

Como o seu target responde as interações? Quais plataformas eles preferem utilizar? Que conteúdo se dissolve mais (e melhor) dentre os formatos disponíveis? Quais palavras chaves são as mais procuradas por ele? Todas estas perguntas fazem parte do comportamento do consumidor, você sabe quais são as respostas?

Para descobri-las pegue os principais termos do seu negócio (solução/problema), coloque-os no Google Trends e descubra os termos relacionados que podem ser explorados. Depois, basta só monitorar os termos para identificar os líderes dos termos e prioriza-los para construir a base do seu conteúdo a seguir.

Conheça os canais de distribuição

O conteúdo já está pronto, o público alvo já foi definido, os interesses já foram classificados. Hora de definir os canais de distribuição… Quais deles são os mais adequados? Para saber quais são as melhores plataformas você deve voltar ao Google Trend e observar em quais lugares mais aparecem os termos: blogs ou mídias sociais?

Determinados assuntos podem ser mais bem sucedidos em determinada plataforma, enquanto outro não. Neste caso, você pode segmentar os assuntos de acordo estes dados, deixando conteúdos mais densos para blogs, enquanto trabalha com os mais “fáceis” de assimilar em mídias sociais, por exemplo.

Entretanto, é importante sempre frisar que: independente da plataforma, do formato do conteúdo e afins, constância e relevância são as palavras chaves para um conteúdo e site (blog) otimizados em todos os sentidos. Só se conquista o público-alvo persistindo.

Estratégias para segmentar sua audiência.

Para estratégias de comunicação efetivas é necessário, primeiramente, observar sua audiência e conhecer o seu público alvo, traçando um perfil com características básicas do seu consumidor. O que ele deseja, quais são suas necessidades e preferências?

segmentar audiência - PRIME

Estas informações é o que farão com que sua marca/empresa segmente o seu target e determine as melhores formas de alcança-los, e para consegui-las nós listamos a seguir algumas dicas de segmentação para a sua audiência, veja:

Como segmentar sua audiência:

1 – Crie uma plataforma para coleta de dados.

Partindo do pressuposto de que você já sabe qual é o seu público alvo, é hora de segmenta-lo coletando dados importantes para ajuda-lo no google analytics e também alimentar os seus insights com conhecimento na hora da criação. Para isso crie uma plataforma que reúna estes dados, uma espécie de “site oficial” em que sua empresa irá direcionar todo o seu target para a coleta de dados.

2 – Realize pesquisas integradas.

Ok, sua empresa criou um site e estabeleceu sua presença no ambiente online, agora é hora de trabalhar de maneira integrada realizando pesquisas na plataforma web e perguntas nas redes sociais. Não tenha medo de fazer perguntas e divulgar pesquisas, o consumidor gosta de saber que sua empresa se importa com a opinião dele, isso evidencia o interesse que sua marca tem de se aproximar do seu público alvo e melhorar sua comunicação.

3 – Crie uma lista de e-mail

Ao coletar os dados, pegue sempre que possível um e-mail de contato para alimentar com informações relevantes o seu cliente em potencial, o simples fato de a pessoa ir até o link da sua pesquisa ou questionário já representa um interesse inicial e um potencial pra vendas. Este recurso também é interessante para sua empresa oferecer descontos especiais pra quem já é cliente, cartões de fidelidade e afins.

Porque não entregar somente o conteúdo que sua audiência quer.

Em tempos de Google Analytics e um marketing cada vez mais segmentado e direcionado, você já se perguntou se é realmente isso que sua audiência quer?

audiência

O próprio Steve Jobs já dizia: “As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a elas.” Isso significa que, se você dá a sua audiência só o que ela quer você nunca irá gerar um desejo/necessidade por algo novo que sua empresa possa vir a trazer.

Resumidamente, se o conteúdo que seu público deseja não tem relação com o produto/serviço que sua empresa oferece o alcance deste conteúdo não resultará em um impacto efetivo, convertendo o alcance em vendas.
A seguir, veja alguns motivos para não entregar somente o que sua audiência quer:

Porque não entregar só o que a audiência quer?

O conteúdo que sua audiência quer só é relevante se sua audiência for relevante.

Se sua empresa construiu uma audiência focando apenas no aumento do número likes, é possível que esta audiência tenha um público muito variado, sem um target bem definido e com o perfil alinhado a sua empresa. Nestes casos, este público dificilmente se tornará consumidor e influenciador da marca. Criar e publicar conteúdo para uma audiência sem target não faz sentido para quem é consumidor.

Segmentos/produtos novos requerem conteúdos novos para targets novos.

É como foi dito anteriormente lá em cima, se sua empresa deseja inovar, lançando-se em categorias novas ou produtos novos, é necessário criar algo que vá além do que sua audiência quer para atrair um novo target que corresponda ao perfil deste novo segmento/produto. Ao apresentar um produto ou serviço novo, você precisa mostrar a sua audiência o porquê ela vai precisar deste produto ou serviço e gerar necessidade.

Sua audiência pode não saber o que quer, e sua empresa talvez precise mostra-la.

Retomando novamente a introdução deste texto, o próprio Steve Jobs já sabia que: “As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a ela”, foi assim com o lançamento do Iphone e a tecnologia touchscreen. Antes de ser criada, as pessoas sequer desejavam isso. Entretanto, uma vez que foi inventado, as pessoas passaram a necessitar dela. Resumidamente: É hora de parar de oferecer o que seu concorrente oferece e inovar para destacar-se em seu segmento.
Este conteúdo foi inspirado na tradução do artigo retirado originalmente em: Social Media Today.